Histórico

A Cia Girolê foi fundada em meados de 2006 pelas atrizes Cléo Cavalcantty e Luana Godinho, tendo como foco a pesquisa contínua do universo infantil. Se valendo da vivência e experiência que cada uma trazia e da vontade de desenvolver uma linguagem leve que atendesse ao público de uma maneira direta e coloquial desenvolveu peças em formato de Teatro de Bolso, com uma dramaturgia própria ou adaptações de literatura e poesias. Utilizando elementos da contação de histórias, das artes cênicas, visuais e musicais. 


Nasceu assim, o primeiro espetáculo da Cia chamado: CONTA CONTO,TECE CIRANDAS. Uma livre adaptação do texto “O Rei que queria ser dono do mundo”. Com ele, a Companhia Girolê iniciou seu projeto de teatro escola, apresentando-se para várias escolas de Curitiba. Nesse mesmo ano, atendendo a convites, realizou sua primeira viagem no mês de novembro, em uma mini turnê pelo estado de Minas Gerais. Realizando também, oficinas de vivência teatral com pais e alunos das escolas em questão. 

Dando seguimento ao trabalho, no ano de 2007 a Cia. foi a Santiago/Chile, para a apresentação dos espetáculos Conta conto, tece cirandas e Re-União no 2º Encuentro Mundial de Teatro Infantil-Juvenil (evento realizado pela Unesco), e no Sindicato Social e Cultural também na capital chilena. No primeiro semestre, contando agora com mais uma integrante no grupo, Caroline Casagrande, foi firmada a parceria com uma das filiais da rede de livrarias FNAC, desenvolvendo apresentações de teatro infantil e aprimorando o formato Teatro de Bolso, se tornou atração principal do projeto “Canto do Conto”, que acontece no espaço infantil da loja. No mês de outubro, de volta a Minas Gerais na cidade de Barbacena, a Cia Girolê participou de uma semana pedagógica, realizada pela UEMG (Universidade Estadual de Minas Gerais) apresentando um espetáculo seguido de uma palestra sobre o teatro-educação para os alunos de Normal Superior e Pedagogia. Contando agora com mais um integrante, Alvaro F. Mery Aburto, a Cia. fez a leitura dramática da peça Ao Pé da História no teatro Novelas Curitibanas, pelo Projeto da Fundação Cultural de Curitiba Oraci Gemba, que publicou a peça posteriormente no volume de Dramaturgias Curitibanas do edital. Em novembro e dezembro do mesmo ano, a Cia Girolê foi convidada pela Secretaria de Educação a desenvolver um trabalho artístico-social em diversos CMEIS (Centros Municipais de Educação Infantil) da prefeitura de Curitiba, fazendo apresentações para alunos da rede pública, numa campanha de popularização do teatro. Em dezembro, foi feita a parceria com mais uma livraria curitibana, especializada em literatura infanto-juvenil, a Bisbilhoteca. 

O ano de 2008 começou com o cartaz do espetáculo RE-UNIÃO, peça musical autoral de Luana Godinho e Caroline Casagrande, voltada para o público adulto realizado no Espaço Dois Casa de Artes, em Curitiba. Em setembro deste mesmo ano de 2008 o grupo foi à Rondonópolis – MT apresentar na clinica infantil Crescer Criança. Em novembro a Cia entrou em cartaz com a peça “Num Vasto Mundo de Histórias” de autoria do grupo e direção de Jô Martinês, a temporada durou um mês nos palcos do teatro Rodrigo D’Oliveira em Curitiba. A Cia encerrou ano com a criação de “O Auto de Natal da Girolê” com canções do repertório popular brasileiro de temas natalinos apresentando na Livraria Bisbilhoteca. 

Em 2009 a Cia. continua a desenvolver seu trabalho voltado a espaços alternativos e cria seu primeiro espetáculo musical infantil autoral, CANÇÕES DE PALCO que foi apresentado em diversas escolas da rede pública e privada e também na 1ª Bienal do Livro de Curitiba. 

Em março de 2010 o grupo participou do 8º Encontro dos Bibliotecários do Grupo Marista apresentando a contação de história “Isto e Aquilo é Cecília” com textos e músicas dos poemas de Cecília Meireles, Clarice Lispector e Roseana Murray. Novas montagens de contação de história foram apresentadas em escolas de Curitiba e novos espaços foram ganhando a vez do nosso trabalho: a rede de supermercados Angeloni e o restaurante mexicano Totopos. No ano seguinte o grupo participa da Oficina de leitura e contação de histórias do curso de Pedagogia da PUC/PR e também no Encontro de Pedagogia da Universidade Positivo. 

Nos meses de agosto, setembro e outubro teve a oportunidade de apresentar pelo projeto Arte terapia nas dependências do Hospital Pequeno Príncipe para as crianças internadas. Apresentou-se também no Teatro Reviver de Maringá-PR na noite de premiação do Festival de Teatro Estudantil, Prêmio IPÊ. No mês das crianças de 2011, a Cia. Girolê viaja a Porto Alegre para participar do 4° Festival Estadual de Contadores de História promovido pela Secretaria da Cultura do Rio Grande do Sul através da Biblioteca Lucília Minssen e Casa de Cultura Mário Quintana realizado. No evento apresentou “Boi Tatá e outros sustinhos” e “Isto e Aquilo é Cecília” e também ministrou a oficina “Musicalização de poemas e abstração de objetos para contação de histórias”. Esta mesma oficina também foi ministrada no 2º Encontro de Licenciatura em Teatro realizado pela Faculdades de Artes do Paraná (FAP). Entrou em cartaz com a nova contação do grupo “O Rato que Roeu o Rei” de André Ricardo Aguiar na Livraria Bisbilhoteca. Participou da Correntinha Cultural no evento Uma Noite na Biblioteca realizado na Biblioteca Pública do Paraná apresentando “O Rato que Roeu o Rei”. Entra ao grupo a atriz Moira Albuquerque, que realiza a montagem de “Romeu e Julieta” e “1, 2, 3...Troca-Troca” apresentando nos espaços culturais parceiros da Cia. Girolê. 

Já no ano de 2012, em meados de abril, o grupo esteve outra vez em Maringá para participar da Maratona de Histórias, promovida pela Secretaria de Cultura do município nas bibliotecas públicas para os alunos do ensino fundamental da rede pública de ensino. Em maio iniciou o projeto “Contos e Cantos – Encantos da Literatura” junto ao Sesc Portão com apresentações mensais até novembro deste ano. O projeto prestigia autores da literatura infantil brasileira como Ana Maria Machado, Cecília Meireles, Manoel de Barros, entre outros. Contratada pela editora Cultura realizou adaptação, para contação de histórias, do livro “Como treinar seu Viking” da série “Como treinar seu dragão” de Cressida Cowell. 

Depois de mais de seis anos de trabalho e pesquisa na linguagem da Cia., a atriz Cléo Cavalcantty decide voltar a sua terra natal para ministrar o núcleo mineiro da Cia. Girolê. Mantendo o formato habitual e a parceria já existente com as Livrarias Fnac, Saraiva, Cultura, dentre outros espaços de cultura. Estreou a contação “Era uma vez” em parceria com a atriz Talita Silva, com histórias de Ruth Rocha e Ana Maria Machado, se apresentando em espaços como o Mundo Kids do Independência Shopping de Juiz de Fora/MG, BH Shopping na grande Belo Horizonte, além da participação no Festival Alambique do som do circuito fora do eixo, com a mais nova contação desse núcleo: Algum segredo sobre pássaros, livre adaptação do texto “Um Outro Jeito De Voar”, de Miguel Mansur. A trilha da história, é da autoria de Tiago Branco, Tyl Fley Viramundo e Caroline Casagrande. 

No núcleo de Curitiba, a Cia. cria “A Chapeuzinho, o Bolo e outros Monstros”, uma livre adaptação dos livros Chapeuzinho Amarelo de Chico Buarque e Onde Vivem os Monstros de Maurice Sendak, apresentando em escolas e livrarias de Curitiba e na 15ª Feira do Livro de Araucária-PR. Em setembro deste ano de 2012, a Cia. Girolê esteve presente na programação da 31ª Semana Literária SESC em Paranaguá-PR. No Mês de setembro a Cia. Girolê firmou uma importante parceria com o Centro Cultural da Espanha, para realizar uma vez por mês apresentações na língua espanhola.

Um comentário:

poesias e girassóis disse...

Estive no Sesc centro no sabado , dia 15 de Dezembro e assisti a apresentação do grupo .

Fiquei encantado com a maravilhosa apresentação das meninas. Muitos recursos e habilidades, muita poesia, canto e músicas mui agradáveis.


Sonoros aplausos!!!

Feliz ano novo a todo o grupo!

E milhares de apresentações no vindouro 2013!

Davi Cartes Alves