Integrantes



Caroline Casagrande
Graduada no Curso de Comunicação Social – Habilitação em Rádio e TV pela Universidade Tuiuti do Paraná em 2006, atriz profissional registrada pelo SATED em novembro de 2008 e graduanda do curso de Letras – Licenciatura em Português-Espanhol pela Universidade Federal do Paraná. Trabalhou como locutora, atriz e produtora do programa semanal Cidadão João de 2007 a 2009 da Rádio Globo AM 670 e depois no programa diário Manhã da Globo e o infantil semanal Caixinha de Condão, de sua própria idealização, até 2010. Paralelo ao trabalho na comunicação, desenvolveu e segue desenvolvendo seu trabalho como compositora, escritora e atriz na Cia Girolê de teatro para o público infantil de escolas, livrarias e outras instituições e estabelecimentos da cidade de Curitiba-Paraná. Atualmente está na ativa na criação de montagens teatrais de contação de histórias e espetáculos de música autoral infantil. Trabalha também como bolsista no projeto PIBID-UFPR de iniciação à docência na Rede Pública de Ensino Fundamental e Médio do Estado do Paraná, onde desenvolve atividades voltadas para o ensino da língua espanhola na escola.

                            

Cleo Cavalcantty
Com formação técnica em teatro pelo Grupo de Pesquisas de Artes Cênicas pela Universidade Federal de São João Del Rey-MG e ex- integrante da Casa de arte e ofício (Grupo Ponto de Partida). Cleo Cavalcantty atua como atriz ,contadora de histórias e produtora.





 Moira Albuquerque: 

Atriz, produtora, contadora de histórias e arte-educadora. Graduada em Licenciatura em Teatro, pela Faculdade de Artes do Paraná (2012). Iniciou sua carreira em 2002, desde então atuou em diversas peças teatrais, entre elas “Bodas de Sangue” de Garcia Lorca, “Auto da Índia” de Gil Vicente, ambas dirigida por Silvanah Santos da companhia de teatro Os Satyros; De 2007 a 2010 integrou o elenco e grupo de pesquisas cênicas da Cia. do Abração, atuando como atriz e produtora nos espetáculos de repertório da Cia. Participou de importantes festivais de teatro, entre eles, FILO, FIT- São José do Rio Preto e FENATIB. Também atuou em alguns curtas-metragens: “Bemol”, “Lá vai o Trem” e “Bonsai”. Atualmente é integrante da Cia. dos Falsários, que pesquisa intervenção urbana, da Minha Nossa Cia. de Teatro que desenvolve pesquisas por uma dramaturgia própria e paralelamente a esses grupos desenvolve atividades de contação de história junto a Cia. Girolê.  






Nenhum comentário: